sábado, 29 de abril de 2017

Análise Vibracional Xamânica (ou “Mapa” Xamânico)

O Trabalho de Análise Vibracional Xamânica é um apanhado de Terapias que se interconectam formando um "Mapa" que indica o caminho a seguir.

Muitas pessoas me perguntam diariamente sobre o que é este trabalho e como ele funciona, por isto resolvi colocar aqui bem explicadinho para quem tem interesse em aprofundar nesse conhecimento!

Primeiramente devo esclarecer que existem outros tipos de Mapas Xamânicos, pelo menos um outro tipo (que eu saiba) que trata da tradição Maia, se não me engano, de fato devo dizer que não conheço esse trabalho e nem sei como ele funciona, o trabalho que quero tratar aqui é o que é desenvolvido por mim profissionalmente como Terapeuta há cerca de 2 anos.

Este trabalho que realizo é na verdade um trabalho de Análise Vibracional que me foi transmitido durante a minha formação como Terapeuta Xamânica em meados de 2014, portanto há, com certeza, outros profissionais que realizam esta mesma análise por outros “métodos”. No entanto, eu percebi a importância que haveria para as pessoas de possuir um material-referência que “codificasse” ou “classificasse” a sua análise de forma organizada e didática, como um “Mapa” que mostrasse o caminho a seguir.


Sobre a Análise:


A Análise é baseada numa espécie de astrologia rudimentar de um povo nativo ancestral aos Tupis que foi chamado de Tubakwaassu, e então esses dados foram codificados e classificados numa tabela que permite através dos dados de nascimento da pessoa levantar os três principais elementos, na tradição chamados de Aratzyl, ou “frequências divinas”, que regem a personalidade, a vida e o destino da pessoa.

Num comparativo com a Astrologia podemos dizer que há características comuns e há características que divergem, por exemplo, na tradição Tubakwaassu trabalha-se com o conceito de 7 elementos e não 4, como costuma-se trabalhar em outras tradições, sendo os principais (Ar, Água, Terra e Fogo) e os três chamados Éteres (Luminoso, Refletor e Refletido). Por este motivo podemos dizer que esta análise às vezes acaba, apesar de mais simples, chegando no mais profundo do ser, então acontece da pessoa ser num Mapa Astrológico de maioria um elemento específico, e no Mapa Xamânico em questão ser de maioria um outro elemento totalmente diferente, e até hoje todas as análises que fiz sempre tocaram as pessoas e sempre encontramos sentido para estas diferenças.

O principal motivo que explica as diferenças de elementos que podem ocorrer entre uma tradição e outra é que nesta tradição acredita-se que os seus elementos tanto podem ser aquilo que mais existe atualmente em você, como pode ser o que mais está em falta, porque a crença fundamental é de que a nossa natureza é única e neutra, e o seu desequilíbrio se encontra justamente no excesso, mas também na falta de determinados elementos que nos são naturais. Então, por exemplo, uma pessoa muito “fria” pode ser da Água (que é relativo às emoções) se esta estiver vivendo o desequilíbrio “para menos” de sua própria natureza emocional.

De forma geral, a análise trará também características de personalidade que são mais evidentes, as suas principais dificuldades comportamentais, os seus talentos, orientação profissional, missão de vida, etc. E algumas correspondências de cores, pedras, chakras (aqui chamados de Yerês) e também de animais totens relacionados aos elementos e como atuam em nossa vida.


Diferenciais do trabalho:


ARTETERAPIA


As mandalas de forma geral são interpretadas como o caminho para o interior, o centro do Ser, a Unidade, a Integração com o Todo o qual fazemos parte, entrando assim em estado de harmonia. Tanto sua contemplação como a sua confecção podem ser altamente terapêuticos!

A Mandala Yuntará - O trabalho é acompanhado de um desenho de uma mandala simples composta pelos símbolos dos principais elementos da pessoa nos grafismos da tradição Tubakwaassu, esta mandala é apenas um referencial para que a própria pessoa desenvolva sua auto cura pelo método da Arteterapia, pois os símbolos podem ser usados para compor outros desenhos e mandalas maiores a fim de produzir uma espécie de “antena” energética para atrair os elementos naturais do paciente.

*Eu também produzo as mandalas em artes maiores sob encomenda.



PSICANÁLISE





A conclusão do trabalho se dá a partir de um breve relato sobre as principais dificuldades atuais que peço ao paciente no ato da encomenda do seu trabalho de Mapa Xamânico, e com base na minha formação em Psicanálise Terapêutica também confronto as características trazidas pelos elementos da pessoa com as queixas atuais fazendo a análise principalmente dos símbolos e como estes atuam através dos elementos na vida da pessoa, trazendo muitas vezes orientações para o dia-a-dia e sugestões para meditação, chegando assim na resposta final sobre quais elementos estão precisando ser trabalhados no momento para que a pessoa atinja o equilíbrio necessário.


FITOTERAPIA



Os banhos de ervas  são a principal, mas não a única forma de Fitoterapia, podendo ser utilizada também pelo paciente a Aromaterapia, dentre outros.

Por fim, o trabalho traz uma relação de ervas correspondentes aos principais elementos naturais do paciente e uma sugestão de tratamento de Fitoterapia da tradição a partir de banhos de ervas pessoais e individuais, a fim de equilibrar os campos energéticos.


O trabalho de Análise Vibracional da tradição Tubakwaassu é então, como podem perceber, um apanhado de Terapias Integrativas e Holísticas que se interconectam a fim de tornar-se mesmo um “Mapa” que aponta diversos caminhos para a cura do ser.



"Gostei e quero encomendar o meu Mapa, como faço?"

O trabalho é feito até esse momento exclusivamente à distância, ele é entregue em um arquivo formato “PDF” via e-mail, o material é composto por 6-9 páginas, aproximadamente.

Para fazer a sua encomenda basta entrar em contato comigo no Facebook, no e-mail vandanashakti@hotmail.com ou no Whats App: 11.95491-0642 e solicitar os dados para pagamento e relação de dados necessários para a confecção do Mapa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário